A participação de mais de 3 mil pessoas e quase 2 mil capacitandos nas cinco edições on-line do Encontro Regional, modelo adotado pela Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás devido à pandemia da Covid-19 para a realização do evento, foi um dos aspectos enfatizados nesta sexta-feira (2) pelo corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Kisleu Dias Maciel Filho, no encerramento desta edição que abrangeu a 2ª Região Judiciária, cuja Comarca Polo é Aparecida de Goiânia.

Em reunião reservada nesta manhã com 53 magistrados que integram a 2ª Região Judiciária para tratar assuntos institucionais afetos às comarcas que a compõem, o corregedor-geral ressaltou que muitos foram os desafios para a realização destes eventos virtuais exitosos, desde o planejamento até a efetiva execução. Contudo, a seu ver, com inovação, criatividade e, principalmente, a união de esforços empreendida por magistrados e servidores da Corregedoria e das comarcas envolvidas todas as expectativas foram superadas, especialmente nesta edição do evento, a maior já promovida pela CGJGO nesta gestão com 1.059 participantes e 787 capacitandos nos três dias de realização.

“Mais uma vez, tomando como exemplo o Encontro Regional On-line, o Judiciário goiano se adaptou rapidamente às novas formas de trabalho remoto, demonstrando agilidade ímpar para lidar com questões emergenciais e se colocando em uma posição de protagonismo para absorver as questões que foram e serão geradas a partir da pandemia da Covid-19”, sublinhou, acentuando o sucesso das cinco edições on-line do Encontro Regional com adesão histórica de servidores e magistrados.

Segundo lembrou Kisleu Dias, a Justiça não ficou parada em nenhum momento e seguiu em frente com a nobre missão de solucionar conflitos e demandas, promover segurança jurídica e, sobretudo, pacificação social, mesmo com toda a crise provocada pelo novo coronavírus. “Caminharemos sempre unidos para que os direitos dos cidadãos sejam assegurados e respeitados, agora mais do que nunca, com a convicção de que tempos difíceis geram não só homens, mas almas fortes”, realçou.

Momento para ouvir

Também no período da manhã foi realizada a reunião institucional com os servidores e magistrados da 2ª Região Judiciária que contou 243 participantes. Ao abrir o evento em nome do corregedor-geral, o juiz Aldo Guilherme Saad Sabino de Freitas, auxiliar da CGJGO, coordenador do Encontro Regional On-line, integrante do Comitê de Crise do Poder Judiciário e escolhido para compor como juiz auxiliar da Presidência a equipe do desembargador Carlos Alberto França, eleito presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás para o biênio 2021/2023, explicou que esse momento especial, uma espécie de “mesa virtual” foi pensado justamente para que as áreas técnicas da Corregedoria e do TJGO possam responder, em tempo real. “Estamos aqui para ouvir, para dialogar, para buscar soluções, e as áreas técnicas tanto da CGJGO quanto do TJGO trabalham nesse auxílio. Todas as pontuações são inseridas em uma ata que redigimos a cada encontro e todas providências são tomadas já na segunda-feira, com estudos e instauração de Proads, conforme a área de atuação”, assinalou.

Também procederam os cumprimentos iniciais os outros dois juízes auxiliares da Corregedoria, Algomiro Carvalho Neto e Donizete Martins de Oliveira, e o anfitrião juiz Leonardo Fleury Curado Dias, diretor do Foro de Aparecida de Goiânia. Participaram ainda da reunião os juízes Camila Nina Erbetta Nascimento, 1ª Vara Criminal dos Crimes Apenados Com Detenção de Goiânia e indicada para compor a equipe de juízes auxiliares da Corregedoria na gestão do desembargador Nicomedes Domingos Borges, eleito corregedor-geral para o Biênio 2021/2023, Reinaldo Alves Ferreira, vice-diretor da Escola Judicial de Goiás (Ejug), Romério do Carmo Cordeiro, coordenador do Núcleo Permanente de Solução de Conflitos (Nupemec), Nathalia Bueno Arantes, nesta ato representando a juíza Patrícia Carrijo, presidente da Associação do Magistrados do Estado de Goiás (Asmego), além de Rui Gama da Silva, secretário-geral da CGJGO, a assessora jurídica do desembargador Nicomedes Borges, Helenita Neves de Oliveira e Silva, futura secretária-geral da Corregedoria para o biênio 2021/2023, Clécio Marquez, diretor de Planejamento e Programas da CGJGO, diretores de área da Corregedoria e do TJGO e presidentes de sindicatos e associações ligados a Justiça.

 

Audiência pública

Representando mais uma vez o desembargador Kisleu Dias Maciel Filho, o juiz Aldo Sabino cumprimentou todos os magistrados, servidores e representes das instituições da Comarca Polo de Aparecida de Goiânia e reafirmou o compromisso da Corregedoria em ouvir todos os segmentos da sociedade para colher sugestões e críticas. O magistrado deixou todos os presentes à vontade para se expressarem e disse que o Encontro Regional alcançou um patamar de excelência nas edições on-line. “Gostaria que todos se sentissem tranquilos para expressar seus questionamentos e demandas. Sou muito grato a todos os envolvidos e principalmente às dedicadas equipes da Corregedoria envolvidas na organização e execução deste evento, pois sem vocês nada disso seria possível. Atingimos o mais alto nível nestas edições com formato on-line e isso é fruto de um esforço conjunto, muita dedicação e comprometimento”, frisou.

Reprisando as palavras do colega, o juiz Leonardo Fleury colocou a Diretoria do Foro de Aparecida de Goiânia à disposição de todos e falou sobre o ambiente democrático propiciado no evento. “Também me coloco na posição de ouvinte e gostaria de destacar o bom relacionamento que com magistrados e membros do Ministério Público que atuam em Aparecida, só tenho a agradecer por essa parceria”, salientou.

Em breves palavras, o advogado Rafael Amorim, vice-presidente da subseção de Aparecida de Goiânia enalteceu a alta produtividade dos juízes e servidores do TJGO na pandemia e manifestou grande contentamento com o atendimento aos advogados neste período difícil. “A solução dos eventos e audiência virtuais implementada pelo Judiciário foi excelente, temos tido todas as respostas que precisamos prontamente”, afirmou.

Marcaram presença na audiência pública os juízes auxiliares da CGJGO Algomiro Neto e Donizete Martins, a promotora Suelena Carneiro Caetano Fernandes Jayme, coordenadora das promotorias de Justiça de Aparecida de Goiânia, Rui Gama da Silva, secretário-geral da CGJGO, a assessora jurídica Helenita Neves de Oliveira e Silva, futura secretária-geral da Corregedoria para o biênio 2021/2023, Fábio Camargo, procurador-geral do município, Vilmar Mariano da Silva, presidente da Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia, Cybelle Tristão, delegada regional da Polícia Civil, Bruno Quintiliano Silva Vieira, tabelião do Cartório de Registro Civil e Tabelionato de Notas da Vila Brasília (Aparecida de Goiânia) e presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais de Goiás (Arpen-GO), dentro outros representantes de cartórios, associações e conselhos da comunidade.


Rol de capacitações e desdobramentos

Com 787 capacitandos, nos dois primeiros dias do Encontro Regional On-line foram efetivadas qualificações em oito áreas específicas: Processo Judicial Cível (PJD) – avançado, Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania (Cejusc), Contadoria, PJD Cível Avançado - Ferramentas e Estratégias para uma Gestão Eficiente, PROAD, Processo Judicial Digital Criminal (iniciantes), Gestão das Unidades Judiciais no PJD Criminal (iniciantes) e Extrajudicial 1 e 2.
O Encontro Regional On-line é um desdobramento do Programa Encontro Regional, até então realizado presencialmente em cada região judiciária agraciada com o evento. No entanto, com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e a implementação do trabalho remoto no âmbito do Poder Judiciário a CGJGO deliberou pela realização do evento no formato on-line. Todos os esforços e recursos digitais foram empreendidos para que o encontro pudesse ser realizado por videoconferência em ambiente totalmente virtual.

Para a tomada desta decisão, a CGJGO levou em consideração a Portaria Conjunta nº 01/2020, do TJGO e da CGJGO, de 12 de março deste ano, que dispõe sobre a situação mundial do novo coronavírus como pandemia, e o risco potencial dessa doença infecciosa (COVID-19) atingir a população mundial de forma simultânea. Tal ato normativo determinou o cancelamento de todos os eventos públicos com grande aglomeração de pessoas, agendados para se realizarem nas dependências do Poder Judiciário de Goiás.

Realização e organização

O evento foi realizado pela plataforma eletrônica “Zoom Meetings”, ferramenta de videoconferência voltada para ambientes corporativos, que suportam reuniões com múltiplos participantes. A coordenação está sob a responsabilidade da Diretoria de Planejamento e Programas da CGJGO, a qual conta com o eventual suporte da Diretoria de Tecnologia da Informação. Esta é a 11ª edição do Encontro Regional e a quinta no formato on-line na gestão do desembargador Kisleu Dias Maciel Filho.
A 2ª Região Judiciária, além de Aparecida de Goiânia, abrange as seguintes comarcas: Anicus, Araçu, Bela Vista de Goiás, Cromínia, Edéia, Firminópolis, Goianira, Guapó, Hidrolândia, Inhumas, Jandaia, Nazário, Nerópolis, Palmeiras de Goiás, Piracanjuba, Senador Canedo, Trindade, Turvânia e Varjão. (Texto: Myrelle Motta - Diretora de Comunicação Social da CGJGO/Edição de fotos: Hellen Bueno - Diretoria de Planejamento e Programas da CGJGO)

 

Fale conosco sobre esta página