A importância da flexibilidade, da criatividade, da empatia e do espírito cooperativo em tempos de incerteza experimentados com a crise da Covid-19 foram pontos contemplados pelo corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Kisleu Dias Maciel Filho, no encerramento do Encontro Regional On-line (o terceiro no formato virtual) da 5ª Região Judiciária nesta sexta-feira (14), cuja realização é da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás em parceria com a Escola Judicial de Goiás (Ejug). Em tom de estímulo, positividade e acolhimento,o desembargador Kisleu Dias Maciel Filho, que participou da reunião institucional reservada com os magistrados, ressaltou a união, o equilíbrio e a força das diversas e árduas tarefas desempenhadas por magistrados e servidores que integram o Poder Judiciário deste Estado para a realização e o consequente sucesso do evento. 

“A nós jamais faltou o dever de cumprir e fazer cumprir os direitos legais dos cidadãos, agora de forma remota, indicando o caminho concreto a seguir para concretizá-los com audiências, julgamentos e eventos de diversa natureza no âmbito virtual. Essa também é a finalidade deste encontro regional virtual da Corregedoria que, de maneira exitosa, tem demonstrado ser um exemplo de como oferecer à sociedade uma prestação jurisdicional com a celeridade e a sensibilidade que a situação exige”, enfatizou, acentuando os números desse trabalho que teve mais de 600 participantes nos dois encontros anteriores realizados no formato on-line, além de quase 400 capacitandos.

Na visão do corregedor-geral, outra palavra que representa o atual momento é inovação e, justamente, sob esse prisma, ele citou a live inédita realizada ontem (13) pela CGJGO que abordou as audiências não presenciais, dentre outros aspectos, e foi transmitida ao vivo pelo canal da Diretoria de Planejamento e Programas no YouTube. “É dessa forma, com atuação conjunta, sabedoria e paciência, trabalhando em prol dos jurisdicionados, que iremos vencer este difícil período, porque a verdadeira força está dentro de cada um de nós. Hoje a palavra de ordem é gratidão a todos os magistrados e servidores que integram a 5ª Região Judiciária pelo apoio e parceria”, enalteceu.

Diálogo, interatividade e gratidão

Ao abrir a audiência pública, realizada nesta tarde de sexta-feira (14) e voltada para o público externo (representantes de instituições da Comarca Polo de Rio Verde), o juiz Aldo Guilherme Saad Sabino de Freitas, auxiliar da CGJGO, e coordenador dos Encontros Regionais e integrante do Comitê de Crise do Poder Judiciário, reforçou mais uma vez as atividades ocorridas durante o encontro, especialmente as capacitações em áreas técnicas, e frisou que a Corregedoria está aberta para ouvir sugestões, críticas e também reclamações. “Estamos aqui também para tentar ajustar o que precisa ser corrigido e enfrentar os problemas juntos, de forma aberta a participativa. Esse é nosso principal objetivo”, evidenciou.

Ao auxiliar na condução dos trabalhos desta tarde, o juiz Donizete Martins de Oliveira, auxiliar da CGJGO, conclamou os magistrados, servidores e cidadãos presentes ao evento para um momento de reflexão, no qual, segundo ele, todos devem ter o coração grato mesmo nos tempos difíceis atravessados com a pandemia da Covid-19. “A continuidade e o bom desempenho das atividades jurisdicionais neste período nos desafia e nos faz desenvolver o lado criativo. Para conseguir lidar com tudo isso, devemos ter espírito de gratidão que pode transformar o negativo em positivo. Esse hoje é o papel da Corregedoria: caminhar junto, orientar, ouvir o que está acontecendo com a sociedade, buscar soluções conjuntas e estabelecer um diálogo franco e aberto, aproximando, assim, o cidadão da Justiça”, sublinhou.

Por sua vez, o juiz Algomiro Carvalho Neto, também auxiliar da CGJGO, expressou grande alegria no momento de interatividade com os integrantes das comarcas da 5ª Região Judiciária. Anfitrião do encontro, o juiz Rodrigo de Melo Brustolin, diretor do Foro de Rio Verde, destacou a excelência do encontro mesmo com todas as dificuldades que o momento novo e complexo tem imposto aos magistrados e servidores. “Estamos plenamente satisfeitos com esse evento e só temos a agradecer a equipe da Corregedoria e o apoio incondicional do corregedor-geral, desembargador Kisleu Dias Maciel Filho. Já começamos aqui na comarca a retomada mínima do trabalho presencial como as perícias e audiências com réus presos urgentes sempre com muita cautela e seguindo todas as recomendações sanitárias”, explicou.

Reuniões à distância e busca de soluções conjuntas

Em suas considerações, o prefeito de Rio Verde, Paulo Faria do Vale, fez uma breve retrospectiva sobre momento de grande preocupação vivenciado pela comarca que teve um surto de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, principalmente entre os meses de maio e junho. Contudo, realçou o planejamento para o enfrentamento da pandemia e a mudança de hábitos da comunidade local. Nesse contexto, deixou clara a importância de usar a criatividade com modelos de eventos à distância de interesse da sociedade e mencionou como exemplo o Encontro Regional On-line, exaltando a iniciativa. “Estou convicto de que reuniões virtuais vieram para ficar e sugiro que sejam incorporadas no dia a dia do Poder Judiciário, pois é um instrumento fundamental para dar maior qualidade e agilidade nos serviços. Estou honrado de estar participando deste evento e o Poder Executivo Municipal está à disposição do Judiciário nesse retorno gradual presencial que foi elaborado de forma a garantir a segurança de magistrados, servidores e cidadãos”, pontuou.

Já o advogado Alessandro Gil Morais Ribeiro, presidente da subseção de Rio Verde, elogiou o trabalho desempenhado pelo juiz Rodrigo Brustolin à frente da Diretoria do Foro local excepcional e disse que os advogados estão muito satisfeitos com a forma conjunta buscada pelo Judiciário junto à OAB na busca de soluções para as dificuldades da comunidade. Também se manifestou pelo contentamento de participar do encontro promovida pela CGJGO em auxílio à população na solução das demandas.

Muito prestigiada, esta terceira edição do Encontro Regional On-line contou com a adesão maciça dos magistrados e servidores da 5ª Região Judiciária e da Corregedoria. Somente na audiência pública foram 77 participantes, dentre eles várias autoridades locais e regionais como os deputados estaduais Lissauer Vieira, presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, Karlos Cabral e Francisco Grimaldi de Lima (Chico do KGL), promotor Wagner de Pina Cabral, representando a Coordenadoria das Promotorias de Justiça de Rio Verde, Vinícius Fonseca Campos, procurador do município de Rio Verde, Carlos Roberto Batista, delegado da 8ª Delegacia Regional da Polícia Civil, além de representantes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e de vários representantes de associações da região. Marcou presença também Rui Gama da Silva, secretário-geral da CGJGO, e diretores de área da CGJGO. A mediação dos trabalhos foi feita por Clécio Marquez, diretor de Planejamento e Programas da CGJGO.

Audiências internas e capacitações exitosas

As duas audiências internas de cunho institucional realizadas pela manhã entre servidores e magistrados (incluindo a reunião reservada com magistrados) alcançaram o número de 207 participantes. Os questionamentos e postulações feitos no período matutino foram relativo, na maior parte, ao retorno gradual das atividades presenciais do Poder Judiciário, que ocorrerá em etapas nos meses de agosto, setembro e outubro. As explicações e esclarecimentos ficaram a cargo dos juízes Aldo Sabino e Laura Ribeiro de Oliveira, titular da 1ª Vara Judicial de Itaberaí (promovida recentemente) e também componente do Comitê de Crise do Poder Judiciário. O juiz Rodrigo Brustolin também fez os cumprimentos iniciais e acompanhou de perto todas as postulações. O magistrado também integra o grupo responsável pela volta gradual das atividades do Judiciário.

Nos três dias de realização do evento o número de participantes das videoconferências, reuniões e audiências (interna e externa) superou as expectativas e chegou a 708 participantes. Os capacitandos somaram 458 e foram qualificados em Processo Judicial Cível (PJD), Centro Judiciário de Cidadania e Solução de Conflitos (Cejusc), Contadoria, PJD Cível (avançado) - Ferramentas e Estratégias para uma Gestão Eficiente, Processo Judicial Criminal (PJD) - inicial, Extrajudicial 1, Gestão das Unidades Judiciais, Proad e Extrajudicial 2.

Além de Rio Verde, que é a Comarca Polo, outras 13 comarcas integram a 5ª Região Judiciária: Acreúna, Cachoeira Alta, Caçu, Itajá, Jataí, Maurilândia, Mineiros, Montevidiu, Paranaiguara, Quirinópolis, Santa Helena de Goiás, Serranópolis e São Simão. O evento aconteceu por meio das plataformas eletrônicas Zoom Meetings e Webex Cisco Meetings, cuja coordenação está sob a responsabilidade da Diretoria de Planejamento e Programas da CGJGO.

O Encontro Regional On-line é um desdobramento do Programa Encontro Regional, até então realizado presencialmente em cada região judiciária agraciada com o evento. No entanto, com a pandemia da Covid-19 e a implementação do trabalho remoto no âmbito do Poder Judiciário, a CGJGO deliberou pela realização do evento no formato on-line. (Texto: Myrelle Motta - Diretora de Comunicação Social da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás/ Edição de imagem: Hellen Bueno - Diretoria de Planejamento e Programas da CGJGO)

Fale conosco sobre esta página