Com a presença do corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Nicomedes Domingos Borges, e da secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli, será realizado na tarde desta terça-feira (6), às 14 horas, o 1º Encontro Virtual de Facilitadores do Projeto Pilares. A iniciativa é da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás que contará com a apresentação de um painel sobre Comunicação Não Violenta  na Edificação da Cultura de Paz pela idealizadora e fundadora do Restaura Restabelecendo Diálogos, Muriel Magalhães, facilitadora de comunicação Não Violenta, Círculos Restaurativos de Construção de Paz e de Líderes Servidores, e consultora da Comissão de Sistemas de Gestão de Conflitos da OAB de Niterói.

Instituído em 2018, o Projeto Pilares consiste na disseminação do respeito como aspecto primordial para que sejam estabelecidos o diálogo e as relações pacificadoras na solução de conflitos dentro das escolas. Sua principal finalidade é formar facilitadores de Círculos de Justiça Restaurativa e Construção de Paz para atuarem na prevenção e resolução de conflitos no ambiente escolar, por meio de processos circulares, objetivando a disseminação da cultura de paz, a começar pela construção de valores humanos que ajudem a reduzir hostilidades, curar a dor e fortalecer relacionamentos, especialmente nas crianças e adolescentes no ambiente escolar.

O projeto advém de parcerias interinstitucionais e o curso é ministrado pela equipe de instrutoras da Divisão Interprofissional Forense da CGJGO, cujo público-alvo são os professores, coordenadores, dirigentes e tutores/apoio pedagógicos das Redes de   Educação do Estado e do Município. Participarão também do encontro a juíza Camila Nina Erbetta Nascimento, auxiliar da CGJGO e responsável pela pasta relacionada ao Pilares, e o juiz Decildo Ferreira Lopes,  da Vara Criminal de Goianésia. (Texto: Myrelle Motta - Diretora de Comunicação Social da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás)

Fale conosco sobre esta página