Um estímulo para um ato de amor sem precedentes, a adoção, com toda a preparação e a compreensão necessários para o acolhimento de um ser humano no seio de uma família e a realização efetiva desse processo tão delicado. É com essa sensibilidade, que a Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás, por meio da Divisão Interprofissional Forense e da Comissão Judiciária Estadual de Adoção (Cejai), juntamente com a Coordenadoria da Infância e Juventude e a Escola Judicial de Goiás (Ejug), promoverá nas próximas semanas nos dias 4, 5, 11 e 12 de maio, das 19 às 21 horas, o curso de Preparação Psicossocial e Jurídica para Pretendentes à Adoção.

O curso abrangerá todas as comarcas do Estado e será dividido em quatro módulos com temáticas afetas à adoção. A abertura, que ocorrerá no dia 4 de maio, será feita pela juíza Camila Nina Erbetta Nascimento, 1ª Auxiliar da CGJGO. Na sequência, será exposto o  Módulo 1 com o tema “Adoção,  uma  conta  que  não  fecha. Por que?” e “Perfil da criança/adolescente disponível  para  adoção  X  perfil desejado pelos pretendentes”. No dia 5 de maio o módulo 2 engloba as “Adoções Necessárias (Adoção Tardia/Interracial/ Grupo de Irmãos/Crianças com graves e complexos problemas de saúde)” e “A voz da Criança e do Adolescente como sujeitos de direitos, na adoção”.

Já no dia 11 de maio, o módulo 3 abordará questões referentes a “Mitos e Preconceitos  relativos à Adoção à luz do Direito”, “Mitos e Preconceitos relativos à Adoção numa perspectiva Psicossocial”, e “Processo de Adaptação na Família Adotiva, o desconhecido pode (não)ser assustador”. O último módulo (4), que será apresentado no dia 12 de maio, diz respeito aos aspectos jurídicos da adoção e ao Sistema Nacional de Adoção  (SNA).

Expositores

O evento terá como expositores os juízes Carlos José Limongi Sterse, do Juizado da Infância e Juventude de Anápolis, coordenador da Infância e Juventude do TJGO, com a colaboração da equipe interprofissional forense do Juizado da Infância e Juventude de Anápolis (3ª Região); Célia Regina Lara, do Juizado da Infância e Juventude de Luziânia e coordenadora adjunta da Infância e Juventude, com o apoio da equipe interprofissional forense do Juizado da Infância e Juventude de Goiânia (1ª Região); Karine Unes Spinelli, da 1ª Vara Cível  e  da  Infância e Juventude da Comarca de Trindade, com o auxílio da equipe Interprofissional forense do Juizado da Infância e Juventude de Aparecida de Goiânia e equipe interprofissional forense volante (2ª Região); e Maria Socorro de Sousa Afonso da Silva, do Juizado da Infância e Juventude de Goiânia. A secretária executiva  na Coordenadoria  da Infância e Juventude do TJGO, Carla de Paiva Rodrigues, também será uma das expositoras. O evento conta ainda com o apoio da Diretoria de Planejamento e Programas da CGJGO e das equipes interprofissionais forenses de comarcas do Estado. (Texto: Myrelle Motta - Diretora de Comunicação Social da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás/Edição de imagem: Hellen Bueno - Diretoria de Planejamento e Programas da CGJGO)