A Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás mediou, na manhã desta sexta-feira, 7, uma reunião entre a Prefeitura de Goiânia, o Ministério Público de Goiás e as Associações dos Serviços Extrajudiciais. Na oportunidade, foi apresentada a proposta de redução do Imposto de Transmissão de Imóvel (ISTI) no município de Goiânia e discutido sobre o índice de atualização dos emolumentos dos serviços extrajudiciais no Estado.

A reunião foi presidida pelo juiz Ricardo Dourado, auxiliar da CGJGO e responsável pela área do Extrajudicial em Goiás. A sugestão da prefeitura foi exposta pelo secretário municipal de Finanças, Geraldo Lourenço.

O encontro contou com a participação dos promotores Fernando Krebs e Astúlio Gonçalves de Souza. Na mesma ocasião, as associações dos serviços extrajudiciais foram representadas pelos cartorários Bruno Quintiliano, Pedro Ludovico Neto, Naurican Lacerda, Alex Braga, Frederico Junqueira, além do suboficial Guerreiro Melo.

Estiveram presentes Sérgio Dias dos Santos Júnior, diretor de Correição e Serviços de Apoio da Corregedoria, bem como os assessores correicionais Suzana Alvarenga, Marcirlei Silva e Guilherme Paixão. (Texto: Myrelle Motta - Diretora de Comunicação Social da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás/Imagem do print cedida pela equipe da CGJGO)