O atendimento ao público externo estará suspenso nos dias 23 e 24 de agosto, segunda e terça-feira, na Serventia de Tabelionato de Notas, do Protesto de Títulos, Tabelionato e Oficialato de Registro de Contratos Marítimos, de Registro de Imóveis, de Títulos e Documentos, Civil das Pessoas Naturais, e de Interdições e Tutelas do distrito judiciário de Chapadão do Céu, integrante da comarca de Serranópolis, em razão da transmissão do acervo. Apenas atos urgentes serão praticados, com retorno das atividades no dia 25 de agosto (quarta-feira). A determinação consta da Portaria nº 11/2021, assinada pelo juiz Adenito Francisco Mariano Júnior, diretor do Foro local. 

Para a edição da portaria, o magistrado considerou a decisão do corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Nicomedes Domingos Borges, bem como a Portaria nº 62/20221, que nos termos do artigo 5º, § 1º, do Provimento nº 77/2018, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que designou Celso Gusmão de Moura para assumir a interinidade da referida serventia. Também foi observada a determinação à Diretoria do Foro sobre como proceder a edição da portaria de forma que fosse constituída equipe encarregada dos trabalhos de transmissão do acervo, a ser formada por servidores da comarca, com o acompanhamento de representantes da OAB e do Ministério Público.   

Tomando ainda como base o Provimento nº 33/2020, da Corregedoria-Geral da Justiça de Goiás, que instituiu o manual de acervo das serventias extrajudiciais de Goiás, foi designado o servidor efetivo (estável) Pedro Henrique Júnior, lotado na Vara Cível da respectiva comarca, como responsável pela conferência do acervo e elaboração da ata de transmissão e do termo de exercício, com a supervisão virtual do juiz Adenito Mariano. Na quarta-feira, 25, os trabalhos serão retomados já sob a responsabilidade do interino Celso Gusmão de Moura. (Texto: Myrelle Motta - Diretora de Comunicação Social da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás) 

Fale conosco sobre esta página