geral destaqueOs quatros mutirões da área de família realizados nos dois primeiros meses de 2013 pelo 2º Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania da comarca de Goiânia movimentaram o montante de R$ 554 mil, em 61 acordos firmados.

O Primeiro Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania de 1º e 2º Grau da comarca de Goiânia encerra, hoje (5), as audiências concentradas de conciliação de 240 processos distribuídos entre busca e apreensão, consignatórias e revisionais, entre outros. O mutirão, coordenado pelo juiz Sandro Cássio de Melo Fagundes, foi aberto ontem (4). Os trabalhos são realizados no hall de entrada do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás. (Texto:Lílian de França/Centro de Comunicação Social do TJGO)

O juiz e diretor do Foro da comarca de Jussara, Nickerson Pires Ferreira, realizou um Mutirão Previdenciário na cidade entre os dias 26 e 28 de fevereiro. A iniciativa contou com duas bancas, dois procuradores e atendeu todas as 136 audiências que foram agendadas. Mais de 50% das audiências chegaram a acordos, que totalizaram o montante de R$ 225 mil, pagos às partes. (Texto: Jovana Torres – estagiária do Centro de Comunicação Social do TJGO)

O 1º Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania de 1º e 2º grau da comarca de Goiânia realiza nestas segunda e terça-feiras (4 e 5), no Fórum Heitor Moraes Fleury, no Setor Oeste, um mutirão de audiências concentradas de conciliação. Estão agendadas 240 audiências, referentes a processos revisionais, de busca e apreensão, consignatórios e outros.

conciliacaooiO presidente do Tribunal de Justiça do Estado Rondônia (TJRO), desembargador Roosevelt Queiroz Costa, visitou nesta terça-feira (26) o 3° Centro Judiciário de Solução de Conflitos de Cidadania da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), que tem convênio com o Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO).

Fale conosco sobre esta página