piresdorio-destaqeO fórum de Pires do Rio, município localizado a 149 quilômetros da capital, sediou, na manhã desta sexta-feira (21) várias solenidades: a inauguração do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), a elevação da comarca de inicial para intermediária e a entrega de títulos de Cidadão Piresino a vários magistrados. Todas elas contaram com a presença do presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Gilberto Marques Filho, de juízes e autoridades.

Foram agraciados com o Título de Cidadão Piresino o desembargador-presidente do TJGO, o ouvidor-geral do Poder Judiciário, desembargador Itamar de Lima, os juízes José dos Reis Pinheiro Leme e 21-09-piresdorio-tituloLuciane Cristina Duarte dos Santos. Já o diretor do Foro, o juiz Hélio Antônio Crisóstomo de Castro recebeu o Título de Cidadão Benemérito.

O presidente do TJGO, desembargador Gilberto Marques Filho, agradeceu a honra do recebimento do Título de Cidadão Piresino. Ele também disse que se sente realizado com a inauguração do Cejusc na comarca, observando que a valorização dos Centros Judiciais de Solução de Conflitos fazia parte de suas metas ao assumir a gestão. “Outra coisa que resgatamos para a cidade é a elevação da comarca. Para isso, tenho que reconhecer como grande responsável o desembargador Itamar de Lima, idealizador da proposta”.

21-09-piresdorio-helioJá o diretor do foro da comarca de Pires do Rio, juiz Hélio Antônio Crisóstomo Lemes, lembrou que está na comarca há 12 anos e que a demanda local cresce a cada dia. Segundo ele, atualmente a comarca possui 5,8 mil processos em tramitação. “A população da cidade aumenta a cada dia e provavelmente o número de processos também. O fórum cresceu, passamos por uma reforma e daqui a alguns anos precisaremos passar por outra, isso devido a cultura do brasileiro, que não privilegia a pacificação”, salientou.

“Além disso, o Cejusc é mais uma ajuda que o TJGO está colocando para nós e para os jurisdicionados”, pontuou, ao agradecer a atenção que o Tribunal de Justiça tem dado à comunidade de Pires do Rio. Para ele, a elevação da comarca para entrância intermediária é motivo de alegria e de “Justiça”, uma vez que no ano de 2000 foi rebaixada para a inicial. “É um momento muito importante para nós, pois recupera-se o prestígio e a história da comarca de Pires do Rio”, salientou.

Juíza da comarca há seis anos, Luciane Cristina Duarte dos Santos acredita que a elevação da comarca é um marco histórico e representa um 21-09-piresdorio-lucianereconhecimento do crescimento e maior demanda pelo Judiciário em Pires do Rio. “É um benefício para a comarca, tanto para o juiz, em termos de carreira, que se sente motivado, assim como para os servidores, que agora passam a ter benefícios como o cargo de Secretária de Foro, por exemplo. Com a valorização de magistrados e servidores, há a consequente melhoria para o jurisdicionado”.

Para o promotor de Justiça Marcelo Borges Amaral, que representou o procurador-geral de Justiça de Goiás, Benedito Torres, a elevação da comarca ao patamar de intermediária escreve mais um capítulo da história. Segundo ele, a comarca tem 96 anos. “Portanto, o MP agradece ao Poder Judiciário e reconhece que ele é um dos melhores do País, uma vez que tem uma gestão cada vez mais próxima e célere”, disse.

21-09-piresdorio-romerioConciliação e Mediação
Segundo o coordenador da Gerência de Conciliação e Mediação, juiz auxiliar da Presidência do TJGO Romério do Carmo Cordeiro, e que na solenidade representou a coordenadora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), juíza substituta em segundo grau Doraci Lamar Rosa da Silva Andrade, o objetivo do novo centro é dar celeridade às soluções de conflitos, de forma efetiva.

A conciliação e a mediação representam, para o magistrado, outras ferramentas e mecanismos que ajudam a desafogar o Judiciário. Ele lembrou que no local é possível o diálogo para que se chegue a uma solução efetiva para a resolução do conflito. “Atualmente, com a alta demanda processual tem que haver outros métodos para a solução dos litígios. É algo que não tem custo elevado e pode-se chegar a uma solução mais rapidamente e com mais efetividade. Com esses meios, a gente resolve o problema e não somente o processo”, afirmou ao citar as vantagens da conciliação.

Homenagem

A solenidade foi marcada por homenagens e entrega de títulos de cidadania. Emocionado, o desembargador Itamar de Lima, que tem família e 

21-09-piresdorio-itamarcresceu na cidade, citou algumas virtudes do Presidente do TJGO que segundo ele “é um administrador talentoso, implantou uma administração moderna com visão de futuro, austero com o dinheiro público, rigoroso no controle do orçamento e trata o dinheiro público com o rigoroso padrão”.

Segundo ele, a sensibilidade do desembargador-presidente fez Justiça com Pires do Rio, elevando a comarca, projetando uma melhora das condições e estabilidade aos juízes e servidores. Com relação ao título, Itamar de Lima agradeceu a todos os vereadores que por unanimidade lhe concederam a honraria. “Saibam que aqui está a realização dos meus sonhos, ser um legítimo piresino. Este é um dia especial para mim. O título que esta casa teve a generosidade de me oferecer, muito me honra, mas acima de tudo me comove, pela forte simbologia que tem”, disse.

Uma das que receberam o título, a juíza Luciane Cristina Duarte dos Santos disse que se sentiu honrada e afirmou que a homenagem formalizou um sentimento já existente. “É um orgulho muito grande, porque é um reconhecimento da comunidade, por meio do Poder Legislativo. Sou do Estado do Pará e já me sentia goiana. Agora, o título formalizou o sentimento que já existia, de que sou piresina”.

De acordo com a prefeita Cleide Aparecida Veloso da Costa, os homenageados são magistrados honrados. “Este é apenas um recolhimento a vocês, mas que traz grande impacto, pois a partir de agora terão ainda mais responsabilidades com a população piresina”, falou. “Vocês são pessoas que fazem a Justiça e nos orgulhamos por ter cada um de vocês como filhos da nossa terra”, completou.

Já a presidente da Câmara municipal, vereadora Maria Amélia de Araújo Ferreira, ressaltou que conceder as honrarias para pessoas que nos últimos anos têm prestado importantes serviços a local comunidade é uma alegria. “Parabenizo os homenageados e faço votos de muito sucesso a todos vocês”, finalizou.

21-09-piresdorio-gilberto2Devido a elevação da comarca e a instalação do Cejusc, os magistrados e servidores homenagearam o desembargador-presidente, que também foi homenageado pela prefeita. “A comarca de Pires do Rio agradece a sua elevação e a instalação do Cejusc, o que viabilizará uma melhor prestação jurisdicional à população piresina”, dizia a placa entregue pelo diretor do Foro ao presidente.

Itamar de Lima também recebeu homenagem, juntamente com a filha do presidente do TJGO, Caroline Ávila Marques Sandre, que é vice-presidente do Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM) e representou sua mãe, Rubineia Ávila Marques. A juíza substituta em segundo grau e coordenadora do Cejusc, Doraci Lamar, também foi homenageada. Ela foi representada no ato pelo juiz auxiliar da Presidência, Romério do Carmo Cordeiro. (Texto: Arianne Lopes / Fotos: Aline Caetano - Centro de Comunicação Social do TJGO)


Veja galeria de fotos

 

Fale conosco sobre esta página