Mais de 80% de acordos. Este foi o balanço parcial do primeiro dia da 13ª Semana Nacional da Conciliação em Goiás, divulgado pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), nesta terça-feira (6).

A Presidência do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) designou seis juízes da capital e interior para atuarem nas Audiências Concentradas de Conciliação durante a 13ª  Semana Nacional da Conciliação na comarca de Goiânia, que teve início nesta segunda-feira (5) e prossegue até o dia 9 de novembro.

comemoAs comarcas de Porangatu e Anápolis deram início aos trabalhos referentes à 13ª edição da Semana Nacional de Conciliação, nesta segunda-feira (5).

Continuam suspensos, até o dia 16 de novembro, os prazos processuais nas Varas da Fazenda Pública Municipal da comarca de Goiânia. No Decreto Judiciário nº  1.695/2018, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Gilberto Marques Filho, observa que a iniciativa, que começou no dia 30 de outubro, se deu em razão da 13ª Semana Nacional da Conciliação. (Texto:Lílian de França – Centro de Comunicação Social do TJGO)

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Gilberto Marques Filho, abriu oficialmente, nesta segunda-feira (5), na comarca de Goiânia, a 13ª Semana Nacional da Conciliação. O movimento, de inciativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), alcança todos os Tribunais de Justiça do País e, em Goiás, a expectativa é que cerca de 50 mil atendimentos sejam realizados até sexta-feira (9).

Fale conosco sobre esta página