Sem títuloO Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) realizou, em março, o curso de Mediação e Conciliação Judicial nas comarcas de Luziânia e Alexânia. O curso foi dividido em etapas teoricas e práticas, incluindo estágio supervisionado.

As juízas de Luziânia Renata Farias Costa Gomes de Barros, titilar da 1ª Vara Criminal, e Soraya Fagury Brito, titular do Juizado Especial Cível e Criminal, foram designadas pelo Decreto Judiciário nº 453/2018 para atuarem, respectivamente, como Juízas Coordenadoras do 1º e 2º Centro Judiciário local. O dispositivo foi publicado nesta quarta-feira (4), no Diário da Justiça Eletrônico. (Texto:Lílian de França – Centro de Comunicação Social do TJGO)

O Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), abriu, nesta quarta-feira (14), com previsão de término para o dia 19, as inscrições para o curso de Mediação e Conciliação Judicial. Os cursos serão ministrados, nos dias 21, 22 e 23 deste mês e em 4 e 5 de abril, na comarca de Silvânia, unidade localizada na Avenida Dom Bosco, Quadra 13, lotes 10 a 22, no Parque Anchieta.

A Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) aprovou Moção de Aplauso ao Judiciário Goiano. Em ofício enviado ao presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, desembargador Gilberto Marques Filho, o Legislativo explica que a homenagem se deve ao 1º lugar obtido pelo TJGO, na categoria Tribunal Estadual, com a prática Roda de Conversa sobre Família, na 8ª edição do Prêmio Conciliar é Legar, promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A deferência foi proposta pelo deputado estadual  Antônio Carlos Caetano de Moraes (Dr. Antônio).

valparaísoO Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) e a Escola Judicial (Ejug) divulgaram relatório com os cursos realizados em 2018 até o momento, e as comarcas beneficiadas. Foram ministradas aulas em Uruaçu, Valparaíso de Goiás, Caldas Novas e Buriti Alegre.

Fale conosco sobre esta página