Em perfeita sintonia e clima de cordialidade, o corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás, desembargador Kisleu Dias Maciel Filho, procedeu nesta segunda-feira (25) a entrega presencial do novo Código de Normas e Procedimentos do Extrajudicial a seis cartorários que representaram a categoria. O novo código, elaborado e reformulado de forma detalhada e ampla, dá a diretriz aos notários e registradores de como agir nas mais diversas situações com orientações e informações precisas sobre cada assunto delineado e afeto ao âmbito do Extrajudicial. 

Com uma apresentação minuciosa e impecável, estatísticas precisas e cumprimento de 100% das metas traçadas no Plano de Gestão para este biênio, foi entregue pela equipe da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás, por meio da Diretoria de Planejamento e Programas, o Relatório Final de Gestão referente ao Biênio 2019/2021, que tem à frente o desembargador Kisleu Dias Maciel Filho. O relatório está disponível na versão digital no site da CGJGO

Lastimando mais uma vez a morte de outro cartorário vítima da Covid-19 em Goiás, em nome de toda a equipe da Corregedoria-Geral da Justiça, externo meu profundo pesar pelo falecimento do oficial/tabelião Altair Sartin, do Cartório de Registro Civil de Pessoas Naturais e Tabelionato de Notas de Neropólis e sogro do integrante da Assessoria Correicional deste órgão censor, Pedro Carneiro Filho, ocorrido nesta terça-feira (19).

Deixo expresso o sentimento de solidariedade e apoio, bem como nossas condolências a todos os familiares e amigos que atravessam este período de tanto sofrimento. Nos unimos em prece a Deus para que o consolo divino se faça presente em seus corações e para que possamos superar o quanto antes este momento complexo de dor, aflição e dificuldades ocasionado pelo cenário pandêmico.

Desembargador Kisleu Dias Maciel Filho

Corregedor-Geral da Justiça do Estado de Goiás

Mesmo em meio à pandemia da Covid-19, magistrados que compõem as Turmas Recursais dos Juizados Especiais de todo o Estado se desdobraram para conferir uma maior otimização na entrega da prestação jurisdicional no âmbito dos processos que tramitam sob a égide da Lei nº 9.099/95, reduzindo significativamente a taxa de congestionamento no primeiro grau de jurisdição, durante a Semana Estadual de Julgamentos Colegiados, realizada pela Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás, em novembro de 2020. No decorrer da semana, promovida entre os dias 23 e 27 de novembro, de forma virtual, devido ao contexto pandêmico, foram julgados 1.288 processos dos 1.376 pautados. 

Um dos métodos mais simples e eficientes de autoatendimento já está disponível aos usuários no site da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado de Goiás: a FAQ (iniciais da expressão em inglês Frequently Asked Questions) que significa “Perguntas Frequentes” e é composta de um conglomerado de informações para esclarecer dúvidas sobre vários tipos de serviço oferecidos pela CGJGO como, por exemplo, a forma adequada de protocolar uma reclamação no órgão censor. A FAQ está inserida no menu “Contatos” do site da Corregedoria e na página do Serviço de Atendimento ao Usuário - SAU.

Fale conosco sobre esta página